Católicos Online - - - - AVISOS -


...

Pergunte!

e responderemos


Veja como divulgar ou embutir artigos, vídeos e áudios em seu site ou blog.




Sua opinião é importante!









Sites Católicos
Dom Estêvão
Propósitos

RSS Artigos
RSS Links



FeedReader



Download







Cursos do Pe Paulo Ricardo


Newsletter
Pergunte!
Fale conosco
Pedido


PESQUISAR palavras
 

Fátima, misterioso e maternal aviso

*Pe. David Francisquini

 

O dia 13 de maio de 2017 — do qual apenas um ano nos separa — revestir-se-á de invulgar importância. Será o centenário de um acontecimento histórico que marcou profundamente o século XX e continua a marcar o século XXI: uma Senhora de aspecto deslumbrante aparece em Fátima (Portugal) a três crianças na Cova da Iria, e lhes revela uma Mensagem destinada ao mundo inteiro.

 Era a Santíssima Virgem, que abria assim ao mundo contemporâneo o caminho da conversão e de radiosas esperanças, o que devia dar-se através da oração, da penitência, da mortificação e da mudança de vida. Bastou que Nossa Senhora lhes aparecesse para que as crianças levassem a sério o que a Mãe do Céu lhes dissera.

Lúcia, Jacinta e Francisco — assim se chamavam — procuraram meios de se oferecer a Deus como vítimas pelos pecados do mundo, a fim de consolar o Coração Imaculado de Maria. Caso a humanidade atendesse aos pedidos de Nossa Senhora em Fátima, converter-se-ia a Rússia, evitar-se-iam as duas guerras mundiais, e seria afastada a crise sem precedentes que grassou na Igreja.

 Mas, como tal não se deu, a Rússia espalhou seus erros pelo mundo subvertendo a sociedade, sobretudo a família e a religião. A humanidade foi flagelada por duas grandes guerras que ceifaram milhões de vidas. E quem poderia imaginá-lo, com o Concílio Vaticano II e o pós-Concílio, a fumaça de Satanás penetrou na Igreja, segundo constatou o próprio Paulo VI.

 Segundo esse Pontífice, pensava-se que "viria um dia ensolarado para a história da Igreja; veio, pelo contrário, um dia coberto de nuvens, de tempestade, de escuridão, de indagação e de incerteza [...]. A Igreja atravessa hoje um momento de inquietude. Alguns praticam a autocrítica, dir-se-ia até à autodemolição [...]. A Igreja é golpeada pelos que d'Ela fazem parte".

 Por sua vez, diante do predomínio desse quadro, João Paulo II expressou-se com as seguintes palavras: "É necessário admitir realisticamente e com profunda e sentida sensibilidade que os cristãos hoje, em grande parte, sentem-se perdidos, confusos, perplexos e até desiludidos: foram divulgadas prodigamente ideias contrastantes com a verdade revelada e desde sempre ensinada; foram difundidas verdadeiras e próprias heresias, no campo dogmático e moral, criando dúvidas, confusões e rebeliões; alterou-se até a liturgia; imersos no "relativismo" intelectual e moral, e, por conseguinte, no permissivismo, os cristãos são tentados pelo ateísmo, pelo agnosticismo, pelo iluminismo vagamente moralista, por um cristianismo sociológico, sem dogmas definidos e sem moral objetiva".

 É também esclarecedor o que afirmou ainda o Cardeal Joseph Ratzinger, Prefeito da Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé e futuro Papa Bento XVI: “Os resultados que se seguiram ao Concílio parecem cruelmente opostos à expectativa de todos, a começar do Papa João XXIII e depois de Paulo VI [...]. Os papas e os padres conciliares esperavam a nova unidade católica e, pelo contrário, se caminhou para uma dissensão, que — para usar as palavras de Paulo VI — pareceu passar da autocrítica à autodemolição. Esperava-se um novo entusiasmo e, em lugar dele, acabou-se com demasiada frequência no tédio e no desânimo. Esperava-se um salto para frente e, em vez disso, encontramo-nos ante um processo de decadência progressiva...”. E conclui: “Afirma-se com letras claras que uma real reforma da Igreja pressupõe um inequívoco abandono das vias erradas que levaram a consequências indiscutivelmente negativas.”

 As consequências da crise religiosa, sobretudo em questão de fé e moral, são desastrosas em todos os campos e não se restringiram ao interior da Igreja. Basta observar o ambiente que nos cerca, para verificar a crise que abala a família, os costumes, a política, a economia, a educação e o comportamento humano.

 Essa crise agravou-se no Brasil com a ascensão do PT ao poder, mas mesmo antes, nos governos que o antecederam, já grassava nas faculdades, nos ensinos fundamental e médio, na vida intelectual, moral e psicológica, paulatinamente trabalhados no sentido do pensamento do regime petista, ou seja, do socialismo marxista.

 O Partido dos Trabalhadores se baseia numa concepção ateia e materialista da sociedade e utilizou todos os meios para se instalar definitivamente no Poder a fim de implantá-la. Não estranha que, com o eventual afastamento da atual Presidente, o novo governo venha a compor seu ministério com nomes caros aos atuais mandatários petistas e a FHC, conforme noticiou o diário "El País" de Madrid, de 28 de abril de 2016, em matéria redigida por Afonso Benites com o título: "Michel Temer prepara primeiro escalão com nomes de confiança de Lula e FHC”.

 Se assim for, conclui-se que tudo parece caminhar para a continuação do petismo sem PT. Tudo isso ocorreu progressivamente, através das ideias novas plantadas dentro da Igreja católica em conúbio com os desideratos da Revolução universal. Procura então encaminhar a humanidade rumo ao caos. Donde se compreende a apreensão de Nossa Senhora em Fátima com os rumos que se delineavam em 1917 em vista da ascensão do bolchevismo na Rússia. Nessa ocasião a Virgem Santíssima previu que este país seria a grande ameaça para a Igreja e para o mundo.

(*) Sacerdote da Igreja do Imaculado Coração de Maria- Cardoso Moreira-RJ e colaborador da ABIM.


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
3 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL

Ver N artigos +procurados:
TÓPICO  ASSUNTO  ARTIGO (leituras: 10234442)/DIA
PeR  Escrituras  1355 Jesus jamais condenou o homossexualismo?86.14
Diversos  Prática Cristã  3780 Os pecados mortais mais comuns30.99
Orações  Comuns  2773 Oração de Libertação16.18
Diversos  História  4042 R.R. Soares e Edir Macedo15.11
Aulas  Doutrina  1497 Ser comunista é motivo de excomunhão?14.43
PeR  O Que É?  0516 O Que é a ADHONEP?13.40
PeR  História  0515 O Recenseamento sob César Augusto e Quirino13.19
Diversos  Prática Cristã  3185 Anticonceptivos são Abortivos?12.39
Diversos  Protestantismo  1652 Desafio aos Evangélicos: 32 Perguntas11.84
Diversos  Apologética  3729 Desmascarando Hernandes Dias Lopes11.37
PeR  O Que É?  2142 Quiromancia e Quirologia10.39
Vídeos  Testemunhos  3708 Terra de Maria9.41
PeR  Escrituras  2389 O Pai Nosso dos Católicos e dos Protestantes8.82
PeR  O Que É?  0565 Lei Natural, o que é? Existe mesmo?8.81
PeR  Prática Cristã  1122 As 14 estações da Via Sacra8.34
Diversos  Ética e Moral  2832 Consequências médicas da homossexualidade8.29
PeR  O Que É?  1372 Eubiose, que é?8.20
PeR  Filosofia  0085 De Onde Viemos? Onde Estamos? Para Onde Vamos?7.79
Diversos  Apologética  3960 Deus não divide sua glória com ninguém?7.69
PeR  História  2571 Via Sacra, qual a origem e o significado?7.44
Diversos  Santos e Místicos  3587 Poesia de Santa Teresinha7.24
PeR  Testemunhos  0450 Eu Fui Testemunha de Jeová6.86
Diversos  Testemunhos  3922 Como o estudo da fé católica levou-me ao catolicismo6.83
Diversos  Mundo Atual  3795 O que há de vir?6.64
Colocar em dúvida a autoridade da Igreja é por em dúvida tudo aquilo que ela afirma, inclusive a autenticidade das Escrituras.
Padre Paulo Ricardo

Católicos Online