OS PROTESTANTES E MARIA SANTÍSSIMA

Martinho Lutero, Pai da Reforma Protestante, não questionava dogmas da Igreja em relação a Maria Santíssima. Pelo contrário, já li textos fantásticos seus sobre Maria. Então, donde surgiu esse "ódio" mortal dos Protestantes a Maria Santíssima? Chego a perguntar, o que Maria fez para que eles tenham tanta raiva? (Márcio) 

            Realmente Lutero não concordaria com a maioria das atitudes dos atuais protestantes em relação à Nossa Senhora. Por dever de justiça é necessário reconhecer que um protestante esclarecido não nutre desprezo pela Mãe de Jesus. Ele apenas nega que ela tenha alguma importância no projeto salvífico de Deus. Isto, porque nossos irmãos separados têm tanta ânsia de deixar claro que somente Jesus é o Salvador (e eles estão certos em afirmar isso), que terminam esquecendo que aqueles que estão em Cristo, no Espírito de Cristo, são membros do Corpo de Cristo e participam da missão de Cristo. Ao esquecerem isso caem em erro grave contra a fé apostólica – o erro contra a fé é o que chamamos de heresia. Os protestantes gostam de dizer “Só Jesus”. Ótimo! O problema é que eles compreendem o “só Jesus” como “Jesus só!”, um Jesus sozinho, que não é Cabeça do Corpo da Igreja, que não nos uniu a Ele desde o batismo, na força do seu Espírito Santo.

            Todos os que são batizados em Cristo participam da missão de Cristo. Tantos e tantos textos da Escritura dizem isso. Basta recordar que os próprios protestantes rezam uns pelos outros. Ora, se eu rezo por alguém, estou intercedendo por essa pessoa... Mas, não é somente Jesus o intercessor?! Mas, a Escritura manda que rezemos uns pelos outros! E por quê? Porque todo aquele que está em Cristo, reza no Espírito de Cristo, a ponto de poder dizer: “Já não sou eu quem reza, é Cristo que reza em mim!” Ora, mais que todos, a Virgem Santíssima foi totalmente cheia do Espírito do Cristo, de modo que sua oração materna é oração em Cristo, no Espírito de Cristo, em nada obscurecendo a mediação única de Cristo. Pelo contrário: é a mediação única de Cristo que atua em Maria, nos santos e em nós, quando rezamos uns pelos outros. Se nossos irmãos protestantes dizem que a Virgem não pode cooperar na obra da salvação, eles também não podem! Não podem sequer rezar uns pelos outros!

            A Escritura revela, ao contrário, um papel realmente importante da Virgem no plano de Deus: ela é a “Mulher” prefigurada no Gênesis, Mãe daquele que esmaga a cabeça da serpente (cf. Gn 3,15; Jo 2,4; 19,26; Gl 4,4; Ap 12,1s); ela é a verdadeira Eva, Mãe dos verdadeiros viventes em Cristo (cf. Gn 3,20, Jo 19,26). Somente uma leitura fundamentalista e fora da Tradição, que é o ambiente no qual a Escritura pode ser retamente compreendida, pode dar lugar a uma interpretação redutiva e pobre do papel da Virgem Maria! É uma das graves lacunas da profissão de fé protestante!

            Quanto ao “ódio” à Maria, geralmente é próprio dos pentecostais e neo-pentecostais, bem como de algumas outras seitas aqui do Brasil que, além de um fundamentalismo deplorável padecem de uma ignorância visceral. Muito desse ódio é pura e simplesmente para agredir os católicos. É de lamentar e é para ter pena. Rezemos pelos nossos irmãos à Virgem Santíssima, que é Mãe de todos os discípulos de Jesus – também daqueles que não gostam dela!

            Recordo um belíssimo texto parte de uma declaração de um grupo de teólogos anglicanos, luteranos, reformados (todos protestantes!), ortodoxos e católicos reunidos em nome de suas igrejas na ilha de Malta, nos dias 8-15 de setembro de 1983. Ei-lo: 

1. Todos reconhecemos a existência da Comunhão dos Santos como comunhão daqueles que na terra estão unidos a Cristo, como membros vivos do seu Corpo Místico. O fundamento e o ponto central de referência desta comunhão é Cristo, o Filho de Deus feito homem e Cabeça da Igreja (cf. Ef 4,15-16), para nos unir ao Pai e ao Espírito Santo. 

2. Esta comunhão, que é comunhão com Cristo e entre todos os que são de Cristo, implica uma solidariedade que se exprime também na oração de uns pelos outros; esta oração depende daquela de Cristo, sempre vivo para interceder por nós (cf. Hb 7,25). 

3. O fato mesmo de que, no céu, à direita do Pai, Cristo roga por nós, indica-nos que a morte não rompe a comunhão daqueles que durante a própria vida estiveram unidos em Cristo pelos laços da fraternidade. Existe, pois, uma comunhão entre os que pertencem a Cristo, quer vivam na terra, quer, tendo deixado os seus corpos, estejam com o Senhor (cf. 2Cor 5,8; Mc 12,27). 

4. Neste contexto, compreende-se que a intercessão dos Santos por nós existe de maneira semelhante à oração que os fiéis fazem uns pelos outros. A intercessão dos Santos não deve ser entendida como um meio de informar Deus das nossas necessidades. Nenhuma oração pode ter este sentido a respeito de Deus, cujo conhecimento é infinito. Trata-se, sim, de uma abertura à vontade de Deus por parte de si mesmo e dos outros, e da prática do amor fraterno. 

5. No interior desta doutrina, compreende-se o lugar que pertence a Maria Mãe de Deus. É precisamente a relação a Cristo que, na Comunhão dos Santos, lhe confere uma função especial de ordem cristológica... Maria ora no seio da Igreja como outrora o fez na expectativa do Pentecostes (cf. At 1,14). Quaisquer que sejam nossas diferenças confessionais (=de religião), não há razão alguma que impeça de unir a nossa oração a Deus no Espírito Santo com a liturgia celeste, e de modo especial com a Mãe de Deus. 

Este documento é assinado por teólogos e pastores luteranos, anglicanos, reformados, bem como por teólogos ortodoxos e católicos!

 

Dom Henrique Soares

Fonte: http://www.domhenrique.com.br


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
9 1
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
#0•A2972•C474   2013-12-14 22:10:47 - Convidado/Ivete Pedroza
eu fico muito triste com tudo isso,em tudo somos iguais acreditamos em único salvador que é Jesus,pena que eles não respeitam Maria,não posso entender este desprezo por ela,se não fosse o sim de Maria nós não teríamos Jesus quem odeia Maria é o demônio porque ela cooperou no plano de salvação e eles não entende,eu sinto por isso porque eles deixam de ter uma mãe tão amorosa como Maria mas eu tenho certeza que ela os ama assim mesmo porque mãe é assim mesmo tendo filhos ingratos ela continua os amando assim mesmo

Responder

#0•A2972•C425   2013-11-28 11:34:42 - 1/Manager
"O ÚNICO INTERCESSOR OU MEDIADOR É JESUS!"

Haja paciência. Protestante realmente não sabe o que faz.
Se ignorância levasse ao inferno, o céu estaria vazio.
Ainda bem que não.

MAS, a má vontade, o NÃO QUERER aprender ou conhecer as coisas direito, mas QUERER apenas acusar e se fazer de juiz da igreja dos outros (para se autoafirmar?) ... ah... isso leva ao inferno sim, pois com a medida que julgardes, sereis medidos.

"Único intercessor..."
Grande novidade.
A Igreja de Cristo (a Católica e Apostólica) ensina isso há 2013 anos.

Há no......

Ler mais...  -  Responder
#1•R425•C479   2013-12-25 20:56:09 - Convidado/adamilson_ribeiro@yahoo.com
Como vcs católicos pessoas de boa índole, cultas, inteligentes conseguem um exaltismo contra Deus como vcs fossem donos da verdade, não é preciso ser doutor da lei pra saber a bíblia, Jesus falou que Deus ocultou ela dos sábios e a revelou aos humildes. Deixem Deus fazer com vcs o que ele fez com o apostolo Paulo, tirar as escamas dos olhos de vcs; esses padres vão para o inferno e vão levá-los juntos. João Batista veio pregando arrependimento de pecados e batismo, aonde está na bíblia que tem que batizar crianças se Jesus quando criança foi apresentado no templo? Vamos lá?

Responder

#2•R479•C821   2016-04-12 16:31:13 - Convidado/daniloheechard@gmail.com
Meu querido, sem ofensas, mas no Antigo Testamento, o sinal da entrada na Aliança como Deus era a circuncisão, ao passo que, no Novo Testamento, Cristo a substituiu pelo Batismo. Não se encontra em nenhuma passagem na Bíblia em que, a partir daquele momento, as crianças deviam ser excluídas da Aliança. Pelo contrário encontra-se uma que diz precisamente o contrário: "Deixai vir as criancinhas e não as impeçais, porque delas é o reino dos céus!" (Mt 19,14)
Percebe-se também que os Apóstolos o imitavam. Por exemplo, no dia de Pentecostes, quando Pedro acabou o seu primeiro sermão, convido......

Ler mais...  -  Responder
#2•R479•C683   2015-06-27 11:36:34 - Convidado/arlene.zeferini@gmail.com
Caríssimo, se fôr para ir ao inferno por amor de Maria Santíssima, se assim o Senhor Jesus Cristo, Seu único Filho me enviar para lá, é para lá que irei eu. Sou todo de Maria Santíssima, recebi o Santo Batismo com três meses e meu filho com menos de um mês de vida. Somos batizados desde antes dos primeiros passinhos porque somos Católicos Apostólicos Romanos e MARIANOS. Salve Maria, a causa da nossa alegria!

Responder

#2•R479•C480   2013-12-26 10:53:56 - 14/Claudio Maria
Em vez de ficar ameaçando e desejando o inferno para os sacerdotes da Igreja de Cristo e seus fiéis, o Sr. deveria procurar estudar melhor a doutrina dessa Igreja que, pelo visto, o Sr. desconhece, combatendo uma caricatura de igreja que inventaram para lhe fazer desviar do verdadeiro caminho.

Quem se faz de doutor da lei e infalível intérprete das escrituras?
Os católicos seguem o magistério da Igreja APOSTÓLICA.
Os protestantes seguem o que interpretam por conta própria da Bíblia (proibido pela Bíblia...), ou seja, seus achismos, e se julgam infalíveis nessas int......

Ler mais...  -  Responder
#1•R425•C452   2013-11-30 10:38:27 - Convidado/Moysés Magno
A QUEM? A DEUS O TODO-PODEROSO,O MISERICORDIOSO,O JUSTO JUIZ OU AO homem pecador,imundo,limitado,enganador?

O PROBLEMA É SEU!

Responder

#1•R425•C451   2013-11-30 10:35:03 - Convidado/Moysés Magno
A PERGUNTINHA DOLOROSA:

SE VC DIZ QUE JESUS É O MEDIADOR (CERTO),POR QUE,ENTÃO,DERAM À MARIA O TITULO DE "medianeira",ENTRE TANTOS FALSOS TÍTULOS,E A ELA RECORREM,NUM CULTO IDOLATRA?
MOSTRE-ME NA BIBLIA MARIA INTERCEDENDO POR ALGUÉM...

O UNICO E SUFICIENTE INTERCESSOR,MAEDIADOR,É JESUS!
Leia em sua Bíblia: Mateus 11.28;João 14.6;Atos 4.11,12;Romanos 8.34;1Tessalonicenses 1.10;1Timoteo 2.5;1João 2.1,2...

Responder

#2•R451•C453   2013-11-30 12:35:20 - Convidado/Claudio Maria
Mediador media entre A e B.
Da mesma forma, intercessor intercede de A para B.

Nosso Senhor Jesus Cristo é o único salvador. Neste sentido, ele "mediou" a nossa salvação, POSSIBILITA a nossa salvação, abrindo-nos as portas do céu que estavam fechadas desde o pecado original.

Santos, Maria, etc... são intercessores, mediam um pedido de Fulano para Deus ou Jesus, tanto faz. Ele não salva. Ele não é o único. Ele não é Deus nem o Messias. Apenas faz um pedido. A PALAVRA mediar pode ser usada tanto num caso como no outro. Entender o significado vai depender de algo mais p......

Ler mais...  -  Responder

:-)