REVISTA PeR (1327)'
     ||  Início  ->  
Artigo

PERGUNTE E RESPONDEREMOS 019 – julho 1959

 

A Pedra é Pedro?

V. S. (Belo Horizonte) :

A dúvida de V.S. se relaciona com o texto de Mt 16,18. V.S. leu que dezessete Padres da Igreja interpretam a expressão "esta pedra" como se designasse a pessoa de S. Pedro, ao passo que quarenta e quatro optariam por outra explicação. E pergunta: que pensar disto ?

 

— Sem dificuldade, pode-se verificar que tal estatística é assaz precária. Os Padres mencionados, ao tratar o texto de Mt 16,18, nem sempre o faziam visando a mesma finalidade : enquanto alguns quiseram deduzir das palavras de Cristo as respectivas consequências dogmáticas e, por isto, interpretaram logicamente o texto como sendo alusivo à pessoa de Pedro, outros apenas intencionaram as consequências morais e ascéticas do versículo citado. Com efeito, os Padres, abordando a pas­sagem de Mt em suas pregações ao povo, diante de tal público, muitas vezes focalizavam apenas o aspecto prático, aplicável à vida espiritual, do 3º Evangelho. Donde se conclui que, quando algum escritor antigo silencia a interpretação petrina de Mt 16,18, não é licito supor sim­plesmente que a tenha recusado. Esta reflexão põe em evidencia quão pouco significativa é a estatística acima. Deve-se, ao contrário, reconhe­cer que, “quando os Padres tratam explicitamente da exegese de Mt 16,18, concordam em aplicar tal texto (‘esta pedra’) à pessoa de S. Pedro” (cf. Buzy, Évangile selon St. Matthieu 216, em "La Sainte Bible" de Pirot-Clamer IX. Paris 1946).

 

Dom Estêvão Bettencourt (OSB)

 

 


Como você se sente ao ler este artigo?
Feliz Informado Inspirado Triste Mal-humorado Bizarro Ri muito Resultado
8 0
PUBLICAR - COMENTAR - EMAIL -  FACEBOOK 
-

:-)